Arquivo da tag: vestidos

O pretinho básico para o verão 2016.

PAINEL - PRETINHO BÁSICO

A cor preta é muito usada no inverno, mas não significa que não pode ser usado no verão.

O vestido preto básico pode fazer parte do seu guarda-roupa nos dias quentes, basta alguns cuidados para deixar o visual mais fresquinho.PAINEL 2

A cor preta geralmente absorve mais os raios do sol, por isso se torna mais quente do que peças claras ou brancas. Ao adotar um vestido preto procure coordenar com sandálias mais abertas e leves, assim o visual ficará mais fresco.

foto 1

Outra dica ao escolher peças pretas, prefira modelagens com fendas, tomara que caia, ombro assimétrico, quanto mais o corpo ficar à mostra menos calor.

foto 4 foto 6

A modelagem também é muito importante, aposte em vestidos soltinhos e tecidos fluidos. O comprimento midi é a moda do momento, vestidos sem mangas e decotes arredondados deixam o look mais arejado. Aposte em saias soltas e mais rodadas.

PAINEL 1O vestido camiseta está fazendo a cabeça das brasileiras, soltinho e confortável, se coordenado com tênis branco dá um visual street style.450xN

8dae884a969648d3c02d1247a2ac79b3

Para alegrar o visual, escolha acessórios coloridos, assim tira a sobriedade do look, deixando-o com a cara do verão.

PAINEL 3

Referências: 1234567891011121314151617,18 e 19.

 

Os Vestidos de Noiva nem sempre foram brancos.

1

A princípio os vestidos de noiva eram até bem coloridos. O que importava mesmo era o luxo – já que os casamentos eram arranjos comerciais, o vestido servia para mostrar o status das famílias.

O vestido branco começou a ser usado em meados do século XVI.

No final do Renascimento, o código de elegância barroca foi determinado pelas cortes católicas de Espanha onde se estabeleceu o preto como a cor correta a ser usada publicamente como demonstração da índole religiosa de qualquer pessoa. Esta cor era aceita como adequada também para os vestidos de noiva, embora tenha sido neste momento que surgiu o vestido de noiva branco como novo padrão de elegância.

2

A primeira noiva a se vestir de branco foi Maria de Médici ao se casar com Henrique IV, herdeiro da coroa francesa. Maria, princesa italiana, mesmo sendo católica não comungava da estética religiosa espanhola, e assim, se mostrou em brocado branco como prova da exuberância das cortes italianas. O vestido trazia um decote quadrado com o colo à mostra, o que causou grande escândalo perante o clero. 3

Michelangelo Buonarote, um grande artista do Renascimento, comentou este traje como uma rica veste branca, ornada em ouro, que mostrava o candor virginal da noiva, então com quatorze anos.

No período Rococó, as noivas se casavam vestidas com tecidos brilhantes, bordados com pedrarias, com babados de renda nas mangas e decotes e as cores preferidas eram as florais apasteladas, sendo que as mais comuns eram a lilás, a cor de pêssego e o verde malva. Este hábito era seguido tanto pelas jovens da aristocracia, como pelas noivas pobres.

A Revolução Francesa aboliu o padrão de elegância luxuoso, próprio da aristocracia, que existia desde a Idade Média e o substituiu por um padrão mais discreto, puritano e burguês de origem inglêsa. Este padrão valorizou a pureza de caráter como a maior qualidade da noiva, projetou sobre ela a cor branca como símbolo da sua inocência virginal. Acrescentou-se a este traje um véu branco e transparente como símbolo da sua castidade, preso à cabeça por uma guirlanda de flores de cera representando esta sua qualidade como condição natural de toda jovem de família. Neste momento é introduzido o uso do linho, da lã e de tecidos opacos como adequados para o vestido de noiva. 4

A recuperação da força da cerimônia matrimonial como a realização do sonho da moça que encontra seu príncipe encantado, se deu nos anos 80 com o casamento de Lady Diana Spencer com o Príncipe de Gales, futuro rei da Inglaterra em 1981. O traje desta cerimônia mostrou a tradição de elegância da realeza da casa de Windsor representado na releitura do vestido da Rainha Vitória e no uso do diadema real como símbolo medieval do patrimônio das famílias, na estrutura do vestido da Sissi, a imperatriz romântica, com o modelo da Branca de Neve como a donzela pura e nobre que encontra seu príncipe encantado. 5

Mas hoje há uma mistura de gostos e estilos….

6 7 8 9 10 11

No nosso curso de Especialização em Costura sob medida você aprende a confeccionar vestidos de noiva e escolhe seu próprio estilo, venha conhecer!

*

Por Marisa Angela Garcia Machado, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion – Unidade Ribeirão Preto.

Referências: 12345678910 e 11.