Arquivo da tag: tecido

Linho, fino!

O linho é uma fibra vegetal que vem de uma planta chamada Linum Usitatissimum. Ele chega a atingir um metro de altura.

linho (1)

Foi uma das primeiras fibras a surgir, em cerca de 5000 a.C, para a tecelagem de tecidos.  Ainda primitivamente as pessoas separavam as fibras em feixes, teciam fio a fio ou costuravam apenas para cobrir seus corpos. Era usado por culturas primitivas ao longo do rio Nilo, região conhecida como Egito antigo. Existem algumas lendas espirituais, que dizem que o linho ajuda no processo de cura.

linho (2)

Muito mais forte e resistente que o algodão, o linho tem alto poder de absorção e tingimento, porém amassa com mais facilidade.

linho fashion

Por ser um tecido leve, ele é bastante utilizado no verão. Ele nunca sai de moda! Hoje em dia há várias opções do tecido, devido a novos processos têxteis: estampados, coloridos, tem pra todos os estilos!

linho fashionr

Em nosso curso de Desenho de Moda Básico você aprende muito mais sobre tecidos e fibras, além de aprender a desenhar para desenvolver seus próprios looks. Conheça mais:

*

Por Paola Carolina Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8.

Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion.

 

Fibras Têxteis

Quem desenvolve tecidos, precisa conhecer a matéria-prima que será utilizada na confecção dos fios: As fibras! Não apenas elas como seu processo de construção.

fibra 1

É preciso estudar as origens, características e indicações de cada uma delas. As fibras são o que qualificam o produto final.

As fibras possuem características específicas que devem receber atenção especial. Principalmente quando o tecido é utilizado na indústria do vestuário.

fibras 2

Existem vários processos de fiação e mistura das fibras. Em nosso curso de Desenho de Moda Básico, você conhece um pouco mais sobre fibras e tecidos, além de aprender a desenhar . Conheça um pouco do nosso curso, aperte o play!

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6.

Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion.

Tecido: Feltro

feltro flickrrr

O Feltro é um tecido-não-tecido feito de lã ou pelos de animais, cujas fibras são agregadas por calandragem, ou seja, são prensadas e passam pela compactação das fibras de lã, utilizando água e sabão. Dentre os pelos mais usados estão os de ovelha, coelho, carneiro, camelo e castor.

lãzinha

A arte de fazer feltro surgiu na Ásia e os vestígios arqueológicos mais antigos foram encontrados no Altai e datam 600 a.c, mas alguns cientistas afirmam que a fabricação de feltro já era praticada muito antes.

feltro flickrrr 2

Alguns feltros são macios e outros são resistentes a ponto de adquirir forma dos materiais.

Na indústria é utilizado no revestimento de caldeiras a vapor entre outros equipamentos.

O feltro é bastante utilizado em trabalhos artesanais. Já na moda, é usado para fabricação de chapéus, bolsas, casacos e inúmeros acessórios fashion. 

feltrinho

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10.

Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion

A origem do couro

stiched-leather

O couro é a pele curtida de origem animal. O curtimento é feito através de processo físico-químico, que transforma a matéria-prima em um material nobre, rígido, com diferentes características e que permitem diversas possibilidades de uso.

origem

Há registros que esse processo começou no Egito antigo, onde os “pergaminhos” usados na escrita e que eram feitos com peles de ovelha, cabra ou bezerro. Também há na China, registros de fabricação de objetos com couro, efetuada antes de a.C… Muitos outros povos antigos também usaram processos de curtimento do tecido.

living-room-fancy-sofa-leather-cleaner-products-leather-couch-cleaner-wipes-leather-couch-cleaning-wipes-leather-sofa-cleaner-wipes-leather-sofa-cleaner-wirral-le

Com o passar dos tempos, foram desenvolvidas diversas técnicas de produção, mudando texturas e a pigmentação. Foram também, descobertas novas formas para diminuir o abatimento de animais, como as fibras sintéticas e o couro ecológico.

fish_leather

Atualmente o couro pode ser utilizado na confecção de diversos objetos no mercado têxtil, como: sapatos, cintos, carteiras, bolsas, malas, pastas, casacos, chapéus, etc.

final

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14.

Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion

Como surgiu a Chita?

mariza_monte3

A Chita é um tecido de algodão barato e de baixa qualidade, com trama simples e estampas de cores fortes, geralmente florais.

O tecido é originário da Índia. Quando os portugueses, durante suas viagens comerciais, começaram a levar para a Europa tecidos de algodão ricamente estampados, se espalhando por toda a Europa.

rotinha

O Brasil demorou para entrar na rota da história da chita. O setor têxtil no país começou tarde, já que os portugueses tinham uma certa rejeição com o trabalho manual, os tecelões eram mal vistos. Mas, em determinado momento, o Brasil foi obrigado a importar tecidos de algodão estampado fabricados na Índia e na Inglaterra para servir como moeda de troca por escravos. O que movimentou a indústria têxtil.

chitaaaaa

A produção das chitas brasileiras foi, portanto, adiada por diversas imposições portuguesas. Até que a família real portuguesa foi obrigada a fugir para o Brasil e junto a ela, veio a permissão de produzir tecidos.

Após um longo processo burocrático, cultural e financeiro, a chita passou a ser produzida aqui.

Com o passar dos anos a produção do tecido barateou, tornando-o muito popular.

chitaaa fashion

Hoje a Chita pode ser facilmente encontrada,  e é muito usada em decorações. Também pode ser notada nas passarelas, galerias de arte, vitrines e palcos. Quando designers redescobrem estas estampas e as incorporam em suas criações.

panos

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13.