Arquivo da tag: Subcultura

Creative Friday – Steampunk

a-bussolaVoltamos  alguns anos, onde a tecnologia a vapor é mais avançada que a elétrica. Mas como produzi-las? Só livros podem descrever.

robert-downey-jr-sherlock-holmes-shh

O Steampunk, na verdade, é um subgênero de ficção científica. São obras contadas no passado, onde a tecnologia moderna ocorre mais cedo do que na história real, ou em outro universo paralelo. Esse termo “Steampunk” só se estabeleceu no final dos anos 1980. Vários autores começaram a escrever livros de ficção científica em um universo futurista.

tumblr_inline_o06f57EhRh1s9x8us_500

A cultura se espalhou e virou tradição. Existem encontros onde os fãs do estilo se juntam para falar das obras e questionar a tecnologia da sociedade atual.

O movimento também ganhou fama por conta do vestuário. As roupas e os acessórios são infinitos. A regra da indumentária é que ela deve passar a noção de funcionalidade, utilidade, beleza e diversão.

E aqui no blog não falta nenhuma dessas opções. Veja só nosso Creative Friday:

tumblr_mxdjv1rWwu1rknrf9o1_500Steampunkjupricriselifoto 1Creative001IMG-20160122-WA0001?eli thais

tumblr_nz95q7TYyT1tzpwk7o1_500

Tribos Urbanas – 9: Movimento Grunge.

painel 1

O Movimento Grunge surgiu no final da década de 80 em Seattle (EUA), quando era necessário surgir um novo ritmo autêntico para o rock, afim de atingir os corações mais “undergrounds” e também os mais “pops“.
Assim como as outras contraculturas os grunges abominavam qualquer padrão ou rótulos, e no estilo musical tentaram ser tão diferentes que acabaram por criar um rótulo novo (estilo).
Ma este estilo musical só se tornou comercialmente conhecido no início da década de 1990, com a banda Nirvana.

Como toda subcultura vira life style, com esta não poderia ser diferente. O termo grunge – que significa “sujeira” ou “imundície” na língua inglesa – descreve tanto o estilo visual (cabelo desgrenhado, roupas velhas e folgadas) de bandas e fãs, quanto o som distorcido das guitarras que dão o ritmo às músicas.

Hoje em dia este estilo “podrinho” (chamado carinhosamente pelos adeptos ao estilo), é considerado cool entre os jovens.

Meninos & Meninas:

12 painel 3PAINEL 4

 

  • Camisetas de bandas (amassadas, rasgadas e desbotadas);
  • Croppeds soltinhos de algodão;
  • Camisasde flanela quadriculadas e/ou jeans;
  • Jaquetas jeans (aqueles achados de brechó);
  • Jeans destroyed;
  • Shorts jeans destroyeds;
  • Bolsas de couro (com aspecto envelhecido);
  • Toucas de lã;
  • Botas solado tratorado;
  • Tênis sujos;

Os grunges apoiam “o feio, o pobre, o sujo”, em oposição ao glamour. Pode contar, já saiu arrasando com o estilo grunge e nem sabia que ele surgiu nos anos 80, né?

Nós aqui da Sigbol adoramos o estilo “podrinho” e você?

*

Por Crislaine Lima, pofessora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 12345678910.

Manual Arte de Vestir Sigbol Fashion.

Tribos Urbanas – 4: Movimento Punk.

Movimento Punk1

Esse movimento teve início na Europa por volta de 1960, fundado por jovens trabalhadores e universitários, que protestavam contra a guerra do Vietnã, contra o neoliberalismo, instituições conservadoras, contra tudo que lhes parecesse tradicional como, por exemplo, escola, família e igreja. E também pelo direito ao pensamento livre na política e comportamento. Em oposição ao movimento hippie, eles lutavam pela individualidade e independência.

Cansados de ouvir hinos hippies os punks decidiram fazer suas próprias músicas, e assim nasce o punk rock em Nova Iorque em 1975, a principal banda da época era os Ramones.

painel 1

Em sua maioria jovens militantes e considerados rebeldes, pelo estilo de vida e aparência agressiva. São reconhecidos nas ruas por peças como:

  • Roupas em tons escuros e rasgadas;
  • Bota e/ou coturno;
  • Suspensório;
  • Meia-calça desfiada;
  • Acessórios com spike: pulceiras, gargantilhas e aneis;
  • Camisetas de bandas de rock;
  • Símbolos da anarquia.

7 8 11

9

E sua principal característica é o penteado moicano:

14 15 16

A ideologia dos punks é a busca pela revolução, a quebra da soberania de ideias burguesas, acreditam na teoria da conspiração que envolve mídias e políticas. É uma geração formada por jovens das periferias que se julgam abandonados pelo governo, que através da música transmitem essa realidade.

Qual a sua ideologia?

*

Por Crislaine Lima, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referência: 123456789101112.

Manual Arte de Vestir Sigbol Fashion.