Arquivo da tag: máquina

Como limpar e lubrificar sua máquina caseira – Parte I

imagem 1

Máquinas caseiras com lançadeira vertical

imagem 2

A lançadeira vertical utiliza uma caixa de bobina que se encaixa na máquina. Antes de iniciar sua limpeza, retire a agulha e a sapatilha (pezinho).

imagem 3

Em seguida, retire a chapa de costura com a ferramenta adequada, em geral uma chave de fenda que integra o conjunto de ferramentas própria máquina.

imagem 4

Remova a caixa de bobina.

imagem 5

Abra as travas e tire a lançadeira e o retentor. Com um pincel macio, limpe todo o pó e os fiapos de linha, que teimam em ficar dentro da máquina.

imagem 6

Agora é hora de lubrificar a máquina: pingue 2 gotas de óleo na lançadeira. Nesse momento, é muito importante prestar atenção na quantidade de óleo colocado na máquina, pois o excesso pode acabar por corroê-la.

imagem 7

Com a máquina limpa e lubrificada, monte-a novamente. Encaixe primeiro a lançadeira e o retentor, atentando sempre para o encaixe do pino guia.

imagem 8

Feche as travas e encaixe a caixa da bobina. Por último, coloque a chapa, a sapatilha e a agulha.

Parabéns, sua máquina está pronta para ser usada!

Ah, sua lançadeira é horizontal? Não esquenta: confira semana que vem a segunda parte do post, sobre limpeza da lançadeira horizontal com chapa e visor transparente!

*

Por Keyla Ferreira, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3 e 4

Conhecendo máquinas de costura: A máquina doméstica e seus acessórios

Hoje vamos falar um pouco da máquina mais presente nas casas das aspirantes e profissionais da costura, a máquina de costura doméstica! Uma das mais procuradas atualmente, cada vez ganha mais recursos. Além da costura reta, também faz zig-zag, caseado e até bordados decorativos, usados para dar um toque de exclusividade nas peças.

Ela é encontrada em vários modelos e preços, atendendo a necessidade de cada projeto. Entre os modelos estão:

Maquina reta de ferro: mais difícil de ser encontrada, a maioria é antiga e tem cara de máquina da vovó (pelo visual retrô). Ela é pesada, tem sua estrutura toda feita em ferro fundido, e apenas a costura reta e a função de retrocesso.

foto  (1)

Máquina portátil: É mais simples e leve, e normalmente tem uma espécie de alça. Algumas tem mais pontos que outras, chegando a até 22 pontos, variando entre costura reta, zig-zag e regulagens de pontos, ponto overlock e caseados.

foto  (2)Máquina eletrônica: É uma maquina computadorizada e possui diversos pontos, variando entre 56 e 200, e costura reta, zig-zag, ponto overlock, ponto de chuleio, pontos decorativos, etc. Algumas possuem até a função de bordadeiras e alfabetos, e o caseado em 1 passo que é automático.

foto  (3)

As duas versões podem ser encontradas com mesas extensoras, que facilitam a costura de roupas longas, pois evitam que a peça fique escorregando para baixo da mesa, e são necessárias também para o patchwork, pois permite trabalhar várias extensões de tecidos. Essa mesa pode ser encontrada separadamente e também é removível, deixando o braço livre para costura de mangas e barras.

FOTO01

A máquina doméstica oferece versatilidade na costura e ocupa de pouco espaço, pois são compactas e fáceis de serem guardadas, podendo ser usadas e devolvidas para caixa logo depois. Além de ter vários acessórios (pés/calcadores) que facilitam algumas costuras de forma muito prática e rápida! Algumas máquinas já incluem alguns desses acessórios em seu kit básico, mas a maioria deve ser adquirida separadamente.

Vamos agora conhecer alguns deles!

Calcadores de zíper:permitem uma costura mais rente ao zíper deixando o acabamento mais fácil e perfeito. Eles encaixam de forma que o zíper não escorregue durante a costura.

FOTO02

Calcadores de caseado: variam em dois tipos, de acordo com a máquina, e normalmente já vem inclusos nos acessórios originais, podendo ser de 4 passos ou 1 passo.

CALCADEIRACalcador de barra lenço: Encontrado em vários diâmetros, dobra o tecido sozinho, dispensando alinhavos e marcações.

foto  (11)

Calcador de franzido: pode ser encontrado em duas versões também. Na versão mais simples, o franzido vai variar em tamanho do ponto e tensão da linha; a segunda versão é ajustável, faz franzidos e também pregas de diversos tamanhos.

FOTO03

Calcador de viés: muito pratico e fácil de usar, tem regulagem de tamanho, e já dobra o viés enquanto o guia pelo calcador,ou seja, menos trabalho e sofrimento pros seus dedinhos!

foto  (14)

Adaptador de ponto overlock: guia o tecido e o corta, dando acabamento. Pode ser usado com o ponto tipo overlock ou com zig zag.

foto  (15)

Calcador de nervuras: deve ser usado com agulha dupla, e pode ter vários diâmetros, assim como a agulha.

foto  (16)Calcador com rolete: serve para costurar couros e plásticos, fazendo com que o tecido deslize melhor, sem deixar marcas no produto.

foto  (17)

Temos também calcadores que auxiliam no uso dos pontos decorativos e dos bordados, além das aplicações de pérolas e miçangas, para fazer flores…

bordadosfofos*

Por Marjorie Campos, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2345, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24.

 

 

Guia: Perguntas e Respostas para comprar sua primeira máquina de costura

FOTO01

Costurar é uma arte que nos proporciona a entrada em um mundo de oportunidades emocionantes e prazerosas, onde se tem a chance de conhecer diversas coisas novas, tais como tecidos, estampas, botões, aviamentos, aparelhos, calcadores, entre outros. Além disso, ainda colabora como terapia. Esse post é pra você que ainda tem dúvida e medo de adentrar o mundo da Costura, mas que sente coceirinha nos dedos quando o assunto é alinhavo, zíper, caseados etc…

Se você é como nós e ama costura, ou vê nas máquinas uma oportunidade de ganhar dinheiro (mas, como muitos, não sabem por onde começar e o material que deveria comprar), mas tem muitas dúvidas sobre como iniciar sua carreira na arte da costura, vamos lá, colega, que estamos aqui pra ajudar:

Primeiramente você deve responder a um simples questionário. Ele servirá para que você possa identificar qual será sua melhor opção, e o que suprirá suas expectativas e necessidades. A partir daí, você já estará pronto para ir em busca de sua nova colega de trabalho: a máquina de costura!

FOTO02

Questionário:

Você irá trabalhar com qual material? Se for tecido, será plano, malha, ou algo mais pesado, tipo couro? Com a característica do material você identifica que tipo de máquina vai te servir melhor.

 Você produzirá peças ou irá somente customizá-las? Caso apenas faça a customização, seu maquinário será mais simples. Já no caso de produção de peças, há a necessidade de mais modelos e especificações nas máquinas

A máquina precisa ser silenciosa? Máquinas industriais, pelo peso do material e velocidade da costura, tendem a trepidar, e fazer barulho, mesmo tendo o motor silencioso.

A assistência técnica do modelo de máquina escolhido fica perto de onde você mora? Como qualquer equipamento, máquinas também necessitam de manutenção, tais como lubrificação das peças ou troca de outras partes quebradas. Mesmo a máquina caseira tem um certo volume e não é tão fácil de carregar

Vai ser nova ou usada? Aqui depende muito da confiança que você terá com o vendedor e o preço: máquinas usadas acabam saindo mais em conta, e se tiver em bom estado e ter sido bem manuseada pelo dono anterior é uma boa opção para a primeira máquina.

Irá produzir em alta ou baixa escala? Essa é uma questão muito importante para estabelecer a potência e velocidade necessárias da sua máquina.

FOTO03O espaço físico disponível em sua casa é suficiente para acomodar uma máquina industrial? Ou melhor seria uma portátil, que poderá ser transportada para todos os lados?Uma máquina industrial necessita de uma mesa apropriada, o que ocupa um espaço considerável. Já uma máquina portátil se encaixa em um pequeno espaço e pode ser levada de um lado para o outro com mais facilidade.

FOTO04Você irá precisar de diversos tipos de pontos, como por exemplo, os decorativos, ziguezague, bordados, etc? Saber os pontos e aparelhos que vai utilizar torna mais fácil identificar sua máquina, afinal, temos uma infinidade delas, desde máquinas como a reta industrial que só obtém uma única costura (o ponto fixo), até algumas caseiras que fazem até mais de 50 pontos.

imagem 5

Quanto pretende investir? Com tantas opções a escolher, o valor de investimento é um quesito importante, pois temos no mercado uma longa lista de modelos e, consequentemente, preços bem variados. Foque no que realmente tem necessidade e, com esta informação, invista na sua melhor opção. Em média, as máquinas retas e caseiras variam de R$200,00 a R$1.600,00, dependendo do modelo.

FOTO05Testou sua máquina antes de comprá-la? Muitas lojas permitem que as pessoas testem a máquina antes de adquirirem o produto. Por isso, quando for comprar a máquina, é ideal levar um Kit Básico com: tesoura pequena, bobina, retalho e linha, assim você testa a máquina de seu interesse e já sai com a certeza de uma boa compra.

FOTO06Conheça os acessórios de sua máquina: As máquinas costumam ter uma porção de acessórios que facilitam alguns tipos de costura e ajudam nos acabamentos, então quando se engraçar pelo modelo X faça uma busca e veja se os aparelhos e calcadores (pezinhos) correspondentes da máquina serão aqueles que preencherão suas expectativas e necessidades.

 FOTO07

Cuidando de sua máquina: Ao adquirir sua colega de costura, policie-se nos cuidados com a mesma, isso ajudará no funcionamento dela por anos.

  • Uma vez por semana passe um pincel macio na caixa de bobina isso remove pedaços de linha e poeira que ficam acumuladas por conta das costuras
  • Mantenha a máquina lubrificada, mas cuidado para não embebeda lá de óleo ou silicone, caso seja caseira observe se não precisara de graxa
  • Leve a máquina no mecânico pelo menos 1 x ao ano para manutenções preventivas

imagem 10

Mesmo com tantas opções, se você é iniciante e pretender costurar em baixa escala é indicado que se compre uma máquina caseira de boa qualidade (procure marcas já conhecidas). Tratando-se de tecidos planos e malhas, afinal, você pode encontrar uma infinidade de aparelhos que instalados numa máquina caseira vai realizar o trabalho de diversas máquinas em uma só.

*

Por Nayara Camila Diniz Oliveira, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9