Arquivo da tag: exclusivo

Moda conceitual ou moda comercial?

A cada semestre novas tendências são apostas dos desfiles nacionais e internacionais, mas sempre há uma dúvida: o que é moda conceitual?

foto 13

Moda Conceitual é uma forma de comunicação que os estilistas utilizam para expressar sua criatividade, um conceito e suas ideias que estão propondo para aquela estação (cores, formas, estampas e tecidos). Nas passarelas, esse conceito é apresentado em grandes produções reforçando o tema. Geralmente os looks são exagerados para ressaltar a ideia do criador, acompanhados de cenários vultosos, estratégias, maquiagens, cabelos e sonoplastia.

foto 1 foto 2 foto 3

A moda conceitual serve para o espectador analisar, refletir e entender, os desfiles servem para reforçar o posicionamento vanguardista da marca. O principal não é vender os produtos, mas vender o conceito, assim os estilistas que fazem moda conceitual são autorais e não seguem as principais tendências, porque são eles referência para as próximas tendências.

foto 4 foto 5

O cenário, a música, a roupa e a modelo compõem todos os elementos de uma história a ser contada, as modelos são transformadas em personagem e ficam irreconhecíveis.

Uma característica muito forte da moda conceitual é o exagero dos recursos na comunicação do conceito do estilista. Algumas pessoas se apaixonam, já para outras causa estranheza.

foto 6 foto 7 foto 8Nos desfiles conceituais, a maioria das peças é exclusiva, e acabam virando referência para a produção de peças comerciais. Ou são vendidas para uma cliente sob medida. Em outras palavras maior parte das peças conceituais não é usável.

foto 9 foto 10 - Cópiafoto 11

Diferente da moda comercial que está pronta para ser vendida e aceita, formas, cores, estampas, tecidos e estilos que estão de acordo com os desejos do público alvo.

foto 12

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 123456789101112131415 e 16.

Personalize seu abadá sem erro!

O carnaval já está aí e você ainda não customizou seu abadá ainda? Então aproveita essas dicas, fáceis e rápidas, de como você pode deixá-lo personalizado.

Não precisa saber costurar para modificar seu abada. Siga nosso passo a passo e seja feliz no carnaval!

FOTO 01

Materiais necessários :

imagem 4

  1. Um abadá
  2. Uma tesoura boa, para cortar a peça.
  3. Fitas de Cetim
  4. Linhas de Costura
  5. Agulhas
  6. Alfinetes
  7. Adereços para enfeitar como: miçangas, laços, renda, etc.

 

MODELO 1Imagem 5

 

Imagem 6

Corte a cava do abada, deixando-a mais estreita, depois marque e corte o decote deixando-o mais cavado, faça a barra apenas da frente em formato V, e o meio da blusa em um V menor.

Imagem 7

Para as costas, marque um desenho nadador e corte.

Imagem 8

Por fim, passe uma fita colorida entre o decote do peito e o recorte da barriga.

 

MODELO 2

Imagem 9

 No abada faça um corte na gola formando um decote canoa.

Imagem 10

Diminua o comprimento da peça claro que essa parte é opcional, a barra pode ser até em diagonal se preferir.

Imagem 11

 Corte o meio das costas em formato V ao contrário.

 

MODELO 3

imagem 12

 No abada corte a cava frente deixando mais fina, como se fosse uma regata. A alteração do comprimento é opcional.

imagem 13

Aplique o recorte nadador nas costas: basta desenhar um formato oval é igual em ambas as cavas e cortar.

imagem 14

 Para finalizar, amarre uma fita ou o pedaço do abada tirado, recortado da barra, formando uma tira comprida, depois que fizer o decote nadador. Você pode optar deixar mais apertado ou frouxo.

  

MODELO 4

Imagem 15

Corte a manga do abadá, se ele for este tipo de modelo.

Imagem 16

Corte o decote frontal, deixando-o em formato canoa, e cortar o comprimento é opcional.

Imagem 17

Por fim risque um decote em U, só nas costas: verifique  a profundidade do U, deixando mais fechado ou mais aberto, de acordo com sua vontade.

 

MODELO 5

FOTO 01

Reproduza no abadá o mesmo desenho indicado no pontilhado do desenho. De um lado, tire a parte superior da manga, fazendo um decote redondo até o outro lado do ombro, deixe uma alça e corte só um pedaço da parte superior da outra manga, de modo que ao vestir a peça seja sustentada pela parte da alça deixada no ombro. Você deve cortar frente e costas juntas é aconselhável nesse modelo alfinetar frente e costas juntas.

MODELO 6

imagem 20

Corte o decote em formato V apenas na frente. A profundidade do decote é opcional. Corte as mangas, se houver e altere o comprimento como desejar.

imagem 21

Faça 4 cortes paralelos como indicados no desenho, da largura e tamanho desejados, formando 2 tiras que devem ter o mesmo tamanho e comprimento suficiente para serem amarradas.

imagem 22

Ao vestir amarre nas costas as duas tiras formadas, deixando o abadá mais acinturado como mostra a imagem.

Enfeite seu abada como quiser: brinque com cores e materiais, tenha uma peça exclusiva para pular o carnaval.

FOTO

*

por Keyla Ferreira Conde Selas, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion.

Referencias: 1, 2, 3, 4, 56, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15 e 16