Arquivo da tag: estilo

Cartela de cores

A gente já explicou qual a função da Cartela de Cores aqui no blog. Agora como organizar uma, é detalhe a parte.

3

Quando se trata em criar uma cartela de cor, a dica é investir em pesquisa e principalmente na intuição. Mas é necessário manter atenção na temporada: Outono/Inverno ou Primavera/Verão.

A cartela de cores também irá depender da cultura local, por isso é muito importante pensar no público alvo e o tema da coleção.

Vale acompanhar exposições, lançamentos do cinema, clipes de música, projetos de fotografia, entre outros, pode ser muito interessante para se inspirar.

untitled-1589

Uma cartela de cor não deve ser linear, ou seja, feita apenas de um tom, precisa de tons de acento e sutis. Os tons de acento são geralmente trabalhados em detalhes como estampas, recortes, aviamentos ou produtos especiais da coleção. Já os tons sutis são trabalhados em itens básicos.

Usar diferentes texturas e tecidos ao montar a cartela de cor pode ajudar a compreender as cores que você escolheu para a coleção existir. É importante que o processo seja tátil, para melhor análise.

1-1

Em nosso curso de Estilo, você aprende muito mais técnicas sobre como montar sua cartela de cores para a coleção. Dá só uma olhadinha:

*

Por Paola Sanguin, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6.

Desenho de Moda: Precisa ter um padrão estético?

Depende, o desenho de moda não precisa necessariamente ter um padrão estético específico e sim uma proporção. Cada um possui uma habilidade para desenhar, o que diferencia o traço.

Quando olhamos para filmes, pinturas ou revistas antigas, o desenho parece ter um foco diferente. A cada época, muda-se a silhueta, a ilustração, e principalmente: as roupas.

Imagem 2

Algumas vezes, esse croqui acaba seguindo o padrão de beleza do período. Hoje em dia, não há exatamente uma regra a se seguir, pois o púlblico de moda é abrangente. Existem vários tipos de corpos, onde o desenho pode acabar tendo mais curvas, pernas alongadas, menos cintura, etc… É ótimo arriscar novas ideias!

Imagem 3

Mas antes, é necessário saber o básico: medidas, proporção, movimento, caimento, e sombra e luz. Se você tem noção da base de um croqui, depois saberá como poderá adaptá-lo às suas características.

Aqui na Sigbol Fashion, você aprende não só a base, como também as técnicas de colorir e outros aperfeiçoamentos. Tá interessado? Então conheça um pouquinho mais de cada curso:

 

*

Por Paola Sanguin, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 12345678910111213 e 14.

O que é Rapport?

Rapport é um termo francês que significa relação, usa-se para denominar um desenho que é reproduzido várias vezes, ou seja, são os elementos do design de uma estampa, criam uma representação com foco na unidade, na continuidade e no preenchimento de uma superfície, seja ela têxtil ou não.

formiguinhas i9y8 jui sereia ujf

Esses desenhos quando são repetidos formam uma padronagem, que é feita a partir da composição e organização do rapport. Olha só o resultado:estampas-sonora-0503-2ok estampas-sonora-1203-3

Aqui na Sigbol Fashion você aprende muito mais sobre estampas. Que tal conhecer um pouco mais dos nossos cursos de Estilo e CorelDraw?

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion.

Referência: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7. Apostila de Estilo Sigbol Fashion, Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion.

Fotografia de moda.

Fotografia de moda é aquela que une conceitos comerciais e artísticos, devendo transmitir uma ideia e um estilo distintos, especialmente produzidos com o objetivo de difusão comercial de peças de vestuário, acessórios, adereços e produtos de beleza. Ou seja, é um veiculo para divulgação de um produto ou de uma marca.

Um dos principais mercados para a fotografia de moda é fornecido pelas revistas especializadas, tanto do segmento feminino como masculino. A fotografia de moda também está presente nos cadernos ou em seções de moda dos jornais diários e em books que algumas agências de modelos desenvolvem para registrar os trabalhos dos manequins, e através do mesmo conseguir novos trabalhos.

As primeiras fotografias voltadas para a moda valorizavam extremamente o vestuário, promovendo apenas os produtos a serem vendidos, não se preocupando, muitas vezes, com o cenário, a composição da foto e até com a própria modelo. O objetivo era exibir a peça para o seu consumo.

foto 1 foto 2 foto 3

Nos dias atuais é diferente, a fotografia de moda evoluiu junto com a realidade do consumidor, se adequando cada dia mais ao novo sistema de consumo.

Com o crescimento do mercado, as pessoas tiveram mais acesso a um mundo de informações, assim ficaram mais exigentes quanto às experiências do próprio olhar.

Daí em diante criou-se um novo olhar e outra mentalidade, voltados para um comportamento existencial, conectado diretamente ao emocional, despertando o desejo do consumidor. A produção fotográfica passou a valorizar mais o comportamento em que determinada marca quer estar conectada, ao estilo de vida.

foto 5 foto 6

Agora a fotografia de moda assume características distintas das outras áreas da fotografia, por criar um universo de significados dentro de uma única imagem, onde as cores, as formas e as expressões se misturam em cenários que, muitas vezes, desafiam os limites da imaginação.

Não existem limites para a criatividade, as inspirações vêm da historia, dos livros, das músicas, do velho e do novo. Quanto maior a relação emocional com o produto, mais forte será a atração do público consumidor.

foto 7 foto 8 foto 9

Para um bom resultado, é necessário que o profissional responsável esteja sempre conectado à moda e em tudo o que acontece no mundo. E o principal é entender o comportamento do consumidor, fazer muita pesquisa, muita coleta de imagens e ter um olhar sensível, não é só sair clicando.

foto 10 foto 11 foto 12

O fotógrafo precisa dominar as técnicas, tanto em ambientes externos quanto no estúdio, principalmente conhecer a iluminação do local em que as fotos serão tiradas.

É necessário observar de onde vem a luz, e quais os melhores ângulos que podem ser aproveitados no local. E é de extrema importância que o fotógrafo saiba dirigir a(o) modelo, coordenando suas poses e saiba aproveitar o melhor que ela pode oferecer.

foto 13 foto 14 foto 15 foto 16 foto 20

Existem alguns cuidados que o profissional precisa saber, um dos principaisl é conhecer o foco da campanha para traduzir nas imagens. A escolha do cenário é muito importante, o mesmo não pode chamar mais atenção que o produto.

Quando a composição da foto está impecável acaba despertando no consumidor o desejo de viver aquele estilo de vida e quando isso acontece o trabalho foi bem sucedido.

Para garantir sua posição em destaque no mercado é preciso não ter medo de arriscar, ter criatividade, iniciativa e inovação.

foto 4 foto 17 foto 18

Muitos profissionais usam como fonte principal de pesquisa um olhar atento  de como as pessoas se apresentam diante da sociedade, sua rotina em ambiente urbano e como elas se vestem. Tudo isso ajuda a determinar as novas tendências de consumo que estarão presentes nas fotografias de moda de grandes fotógrafos.

foto 19 foto 20 foto 21 foto 22

*

Por Elizangela Gomes, profesora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1234567 891011121314151617181920212223242526 e 27.

Estilo Vitoriano

Com a onda do romantismo no mundo da moda, um estilo deu ares em alguns desfiles nacionais e internacional. Estou falando do estilo Vitoriano, para esta estação, veio de cara nova, algumas marcas titularam de Vitoriano Gótico, dramático, exagerado, romântico e sensualidade são as marcas registradas deste novo estilo.foto 1 foto 2 foto 3 foto 4
Pra quem não se lembra do nascimento da identidade vitoriana, foi o das modas da Rainha Vitória, que ficou conhecida por sua moda recatada, fã de xadrez e depois com o visual negro conquistou todas as damas da época.foto 5

foto 6 foto 7 foto 8

Nas passarelas aparecem com várias produções, misturando peças rebuscadas, com delicadas rendas e muitos babados.

foto 10 foto 11 foto 12 foto 13

Philosophy di Lorenzo Serafini Fall Winter 2015 Ready to Wear Collection in Milan

Nas ultimas temporadas de inverno alguns criadores resgataram detalhes, peças e tecidos da época vitoriana, propondo uma moda comportada repleta de delicadezas.

foto 15 foto 16 foto 17

Rodarte

Para não exagerar na produção aposte nas camisas vitorianas, golas altas e com detalhes de rendas, são peças fáceis de coordenar com calças e casados.

foto 19 foto 20 foto 21 foto 22 foto 23

Mas se preferir adote os vestidos com ares de camisolas, leves e fluidas com vários babados dão um toque feminino para o inverno 2016.

foto 24 foto 25

Caso dispense essas delicadezas, algumas marcar apostaram em peças mais sóbrias que são perfeitas para os dias frios.

foto 26 foto 27 foto 28

 

*

Elizangela Gomes professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 12345, , 678101112131415161819202121222324252627 e 29.