A HISTÓRIA DO CARNAVAL

É carnaval todo ano nesse país, gente! Brincadeiras à parte, não enlouquecemos por aqui, não. O carnaval realmente acontece todos os anos, e no Brasil, normalmente, tudo é interrompido por conta desta festa. Mas você, nosso folião fashion, sabe qual é o verdadeiro significado dela?

O carnaval é uma festa popular que surgiu ainda na Antiguidade, com o objetivo de celebrar os deuses pagãos e a natureza. Depois foi reconhecida pela igreja e incluída no calendário cristão. Séculos depois, ainda é comemorada no mundo inteiro! E cada país tem diferentes características para sua celebração.

foto 23

O carnaval (que em latim, recebe nome de “carnis valles”) é a festa que marca o adeus à carne, ou seja, marca a data de início do grande período de jejum, abstinência e caridade, conhecido pelos cristãos como a quaresma, período de 40 dias que antecede as celebrações da Sexta Feira Santa e da Páscoa.

Por conta disto, sempre houve uma grande concentração de festejos populares, e cada lugar brincava a seu modo, de acordo com seus costumes, incluindo-se as formas extravagantes.

montagem2

Há indícios de que sua origem foi na Grécia, em meados dos anos 600 a 520 a.C. Os gregos realizavam, neste período, seus cultos em agradecimento aos deuses pela produção e fertilidade do solo.

foto 21

Em Roma, a celebração prolongava-se por sete dias nas casas, nas praças e nas ruas, onde todos bebiam, comiam e celebravam alegremente, na busca incessante aos prazeres. Todas as atividades e negócios eram fechados neste período, os escravos ganhavam liberdade temporária e as restrições morais eram relaxadas. As pessoas trocavam presentes, um rei era eleito por brincadeira e comandava o cortejo pelas ruas.

foto 2

Em 500 d.C. essa comemoração foi adotada pela igreja Católica como precedente a quaresma, longo período de privações, que resultaria na invenção de diversas festividades nos dias que antecedem a quarta-feira de Cinzas.

foto 4

No período do Renascimento, as festas de carnaval incorporavam os bailes de máscaras, com ricas fantasias e carros alegóricos. Outros tipos de comemorações populares foram tomando o formato atual.

montagem3

O carnaval de hoje, feito de fantasias, é produto da sociedade vitoriana do séc. XIX. Paris foi a principal cidade modelo, exportadora da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nova Orleans, Toronto, Nice, Santa Cruz de Tenerife e Rio de Janeiro se inspiraram nas festas carnavalescas parisienses.

montagem4

O Rio de Janeiro criou seu estilo próprio de fazer carnaval, com desfiles de escolas de samba, e terminou por influenciar outras cidades brasileiras e o restante do mundo, como São Paulo, Helsinque e Tóquio.

montagem5

Atualmente o carnaval do Rio de Janeiro está no Guinness Book como o maior carnaval do mundo, com um número estimado de 2 milhões de pessoas por dia, nos blocos de rua da cidade. Em 1995, a cidade de Recife, com a festa do Galo da Madrugada, também entrou para o Guinness como o maior bloco de carnaval de rua do mundo.

*

por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1234 e 5.

PASSO A PASSO CARNAVAL – OMBREIRAS PARA CAMISETA

Ei, você aí! Bora se jogar na folia do Carnaval e customizar sua própria camiseta? Confira nosso passo a passo de ombreira pra sair dançando e arrasando nos bloquinhos.

Material:

  • Cola fria
  • Tesoura
  • Feltro
  • Chaton
  • Cortina Metalizada
  • Alfinete de Segurança
  • Bojo
  • Giz de Alfaiate

1º – Primeiro passo é recortar as rebarbas do bojo com a tesoura.

2º – Em seguida, pressione o bojo sobre o feltro e marque seu contorno com giz de alfaiate. Corte o feltro.

3º – Após, aplique o chaton nas bordas do bojo com cola fria e aguarde secar uns minutinhos. Em quanto isso, estique a cortina metalizada e tire a margem de papel.

4º – Agora, é só juntar o bojo no cento (meio) dos fios metalizados e colar o feltro. E por final, corte um pedacinho de feltro para colar os alfinetes de segurança nas pontas e aguarde secar. Se necessário, ajuste o comprimento de sua preferência.

Pronto! Agora é só aplicar as ombreiras na camiseta e curtir o Carnaval! ❤🤩

*

Por Pri Marx, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Passo a Passo Carnaval – Brincos

Aqui na Sigbol, a folia já começou. E o que não pode faltar é dicas baratinhas pra você fazer acessórios pra sair sambando na avenida. E hoje temos essa dica suuper legal! Vamos lá?

Material:

  • Cola quente
  • Tesoura
  • Durex
  • Alicates para bijuterias
  • Anzol de Brinco
  • Fecho para brinco
  • Suporte (base/fecho finalizador) de Brinco
  • Pompom (fita metalizada)

1º – Abra o pompom metalizado e corte o lacre. Repita o procedimento com todos.

2º – Em seguida una as fitinhas coloridas com durex nas pontas e retire a sobra.

3º – Utilize a cola quente na base (fecho finalizador) para colar as fitas com durex.

4º – Agora, com o auxílio do alicate, una o anzol a base do fecho finalizador!

 

Está pronto seu par de brincos para pular o Carnaval! 💃🧙‍♀🧜‍♀🧞‍♂🧚‍♀🎉🎊🤩

*

Por Pri Marx, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

 

A construção e gestão a partir da experiência.

Qual a importância da experiência para o posicionamento da marca?

Lembrando que o posicionamento da marca refere-se a mensagem transmitida através da comunicação entre o emissor e o receptor construindo um relacionamento entre ambos.qual a importância do brandsense para a posicionamento da marca

Esse relacionamento só acontece com a abordagem sensorial que é a tangibilização da essência da marca.

Tal relacionamento traz em suas diretrizes conceitos tangíveis (o próprio produto) ou/e intangíveis (serviço), estes sendo de abordagem sensorial resultando no brand experience.

O brand experience  explora os nossos sentidos construindo um laço sensorial e memorial da marca em questão.

qual a importância do brandsense para a posicionamento da marca (1)

A importância da experiencia para o posicionamento da marca é exatamente CRIAR UM RELACIONAMENTO COM O CONSUMIDOR ATRAVÉS DOS SENTIDOS, quando sentimos um cheiro e imediatamente lembramos de uma marca por exemplo, ou quando provamos um sabor e o associamos á uma empresa e não é um alimento específico.

Aqui na Sigbol já formamos mais de 100 mil alunos em mais de 50 especializações. Em 50 anos de história preparamos novos empreendedores e qualificamos profissionais para atuarem em grandes marcas na área da Moda. Toda essa história construída sob o brand sense/experience baseado do total envolvimento dos alunos e professores e a experiência dos mesmos em sala de aula.

*

Por Mayara Behlau, professora no Núcleo de Criação da Sigbol.

Referências: 1