O surgimento das máquinas de costura.

Com o pensamento de facilitar uma simples tarefa de remendar uma roupa em 1755 o alemão Weisenthal criou um modelo de máquina de costura que o ponto era mais ou menos igual a uma costura feita a mão. Na época não teve muito sucesso só depois de 100 anos que foi retomada essa ideia, nas mãos do americano Elias Howe em 1846, Isaac Singer foi quem aprimorou e inventou a primeira máquina de costura com pedal e outras melhorias, sendo assim um sucesso desde aquela época. imagem 1 imagem 2 Em 1930 na França, que teve o inicio da produção dessas máquinas. Após 70 anos já existiam quase todas as maquinas do segmento de costura e também em outras áreas.                                                                                                                                                                                                                                       EVOLUÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DAS MÁQUINAS.                                      1ª GERAÇÃO: Máquina de costura simples.                                                    imagem 4 2º GERAÇÃO: Máquina de costura com corte na linha posicionamento da agulha e arremate automático. imagem 5 3º GERAÇÃO: Máquinas de costura semi automáticas. imagem 6 imagem 7 4º GERAÇÃO: Máquinas de costura automáticas. imagem 8 imagem 9 TIPOS DE MÁQUINAS E SUAS FINALIDADES

  • Máquinas de costura caseira: para costuras em pequenas quantidades.
  • Máquinas de costura reta: indicada para costuras retas em tecido plano.
  • Máquinas de costura zig zag: usada para pequenos bordados de fantasia
  • Máquinas de costura overloque: para fechamento das peças ou para arremate.
  • Máquinas de costura interloque: para fechamento das peças.
  • Máquinas de costura galoneira: para fazer acabamento em barras e na colocação de vivos ou viés.
  • Máquina de braço livre: utilizada nas costuras redondas como mangas e barras.
  • Máquinas de bordar: máquinas de zig zag e a mais simples para pequenos bordados máquina eletrônica comandada por um softwear para uma grande produção.
  • Máquinas arrematadeiras: para tirar todas as linhas de costura e deixar a peça limpa.
  • Máquina travete: para reforço e acabamento em zíperes e passantes.

imagem 10    * Por Dalva, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion Unidade de Campinas. Referencias: 1234567891011. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s