A Evolução da Calcinha: Um pouquinho de história da nossa companheira do dia-a-dia

Imagem 1

Segundo a escritora inglesa Rosemary Hawthorne a calcinha surgiu no ano de 1800 na França. Os primeiros modelos eram chamados de calção, iam da cintura até o tornozelo e eram feitos de tecido cor de creme, semelhante ao das meias usadas na época. Entre 1837 e 1901, elas ganharam presença nos guarda-roupas daquelas que possuíam maior poder aquisitivo, e, mesmo com a popularidade, não era um assunto discutido abertamente,  pois remetiam ao constrangimento das mulheres.

imagem 02

No século XIX, o que fazia sentido nas calcinhas era a sua função e simplicidade já que as mulheres não mostravam seus corpos nem para seus maridos. Na década de 20, entretanto, surgiram as calcinhas modernas, hoje conhecidas como as “calçolas da vovó”.

imagem 04

Somente após a Primeira Guerra Mundial houve uma marcante modernização nas calcinhas: as saias com comprimento no joelho revelavam a diminuição das roupas íntimas, e quanto mais a saia perdia comprimento, a calcinha a acompanhava.

post-loungerie-beauty

Em 1970 foram lançadas as calcinhas de cintura baixa no embalo do jeans saint-tropez. Nessa mesma época, a indústria têxtil e criação de modelos se desvincularam da Europa.

Imagem 6 - Cópia

O queridinho fio dental

Consiste em uma tira de tecido ligada a uma faixa de elástico envolvendo a cintura.Com o surgimento dessas “calcinhas provocantes”, ligadas à insensatez, eram na maioria das vezes compradas pelo homem e logo depois devolvidas por suas respectivas mulheres, que as trocavam por peças mais recatadas, por acharem provocantes demais para serem usadas.

imagem 7

Uma marca americana, a Frederick’s de Hollywood tornou-se referência, e o proprietário, sr. Frederick’s explorou o segmento de lingeries ousadas, a partir de 1946.

Com surpreendentes inovações, o mundo das lingeries nunca mais parou, e desenvolveu, inclusive as calcinhas comestíveis (as quais fazem o maior sucesso em diversos países). Hoje em dia os estilistas e designers trabalham para motivar clientes a renovarem suas gavetas a cada estação. Em catálogos e coleções, o nome adequado não é mais roupa debaixo nem lingerie e sim “Moda Íntima”.

imagem 8

Podemos encontrar calcinhas de todos os gostos e bolsos, das mais discretas as ousadas, fofas, criativas e divertidas.

Imagem 9

A Sigbol desenvolveu um modelo de calcinha fio dental para inspirar e aguçar as ideias, de modo criativo ensinamos nossas alunas a desenvolverem a linha praia, íntima e noite! Venha conhecer, marque uma visita e surpreenda você mesma.

10 11

*

Por Nayara Camila Diniz, professora do núcleo de modelagem da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s